07/08/2016

[Resenha] Alamedas do Pesadelo - Karen Alvares

Olá Leitores!!
Hoje eu vim fazer a resenha do livro Alameda dos Pesadelos da Karen Alvares, mas antes de começar eu queria agradecer a quem é inscrito no canal e acompanha, eu sei que faz um bom tempo que não posto nenhum vídeo, mas mesmo sem postar vídeo o canal ganhou mais 3 inscritos e eu agradeço muito. Em breve postarei vídeo, fiquem de olho. Agora vamos a resenha:


Título: Alameda dos Pesadelos
Autor: Karen Alvares
Editora: Cata-Vento
Páginas: 157
Ano: 2014
Classificação: ☆☆☆☆ (Ótimo!)







Sinopse: Vívian era apenas uma mulher solitária, com uma vida normal, presa em sua rotina sem graça, até a noite em que presencia um acidente. A partir daí seu pesadelo começa; ela passa a ter visões de um homem que conheceu no passado e desejava nunca mais encontrar. E o pior: ele quer se vingar. Até que ponto um pesadelo é fruto da imaginação? Vívian descobre que o limite entre a alucinação e a realidade é tão pequeno que a loucura está a apenas um passo de distância e o pesadelo pode estar escondido na nossa mente, como um monstro à espreita, esperando sua chance de despertar. E para escapar do seu horror particular, Vívian precisará entender quais foram seus erros. E finalmente aceitar a própria culpa.

"Todos sofrem. Alguns mais que os outros, mas ainda sofrem. Alguns choram, outros lamentam, outros passam por cima dos problemas, enfrentando-os e seguindo em frente. Mas a vida continua sendo complicada. É assim pra todo mundo."

Resenha: Vívian tem uma vida monótona e solitária, mas apesar da sua vida depressiva ela passa pela sua rotina repetitiva todos os dias pelo seu filho, Lucas, o qual ela ama muito. Tudo está normal e Vívian  está voltando de mais um dia de trabalho quando presencia um acidente, ela reconhece a vítima do acidente, mas não consegue lembrar de onde. O problema disso tudo é que a partir daí Vívian começa a ver seu ex-namorado, Gabriel, pai de Lucas, e ela não tem boas lembranças dele, e o pior é que Gabriel voltou para se vingar de Vívian e seu filho.
"Não se podia apagar o passado com uma borracha.  A vida é escrita com tinta de caneta permanente e tudo que se pode fazer é aproveitar as páginas em branco para criar uma nova história dali em frente."

Esse foi um dos livros que mais me surpreendeu, a maioria das coisas que achava que não aconteceria com a Vívian aconteceram e fiquei totalmente chocada com algumas coisas. A cada página que eu lia eu queria mais, necessitava saber oque viria depois, os personagens, como Vívian e Gabriel foram muito bem construídos. A leitura é bem rápida e a maneira como a autora escreveu ajudou e prendeu bastante. Sem dúvida eu recomendaria esse livro.

"A vida é um círculo. Na verdade, acho que tenho uma definição melhor. A vida é um jogo de tabuleiro; daqueles que você joga o dado e anda uma, duas, cinco casas. Se você não aprender o que tem que ser aprendido na vida, vai ser obrigado a voltar ao início e tentar de novo até conseguir. Se você teimar nos mesmo erros, vai ter que voltar ao início do tabuleiro. A vida é só um jogo, afinal."

Foi isso leitores! Espero que tenham gostado e se interessado pelo livro, beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo